7 dicas para criar uma boa campanha no Facebook

Death to Stock - post its
Death to Stock - post its Quer dicas para tornar os anúncios do Facebook mais rentáveis? Aqui estão! Use e crie as melhores campanhas no Facebook. 1. Use o Informações do Público para ter informação sobre seu público Para começar clique em Informações do Público no Gerenciador de Anúncios. Na janela que vai aparecer, escolha pessoas conectadas à sua página. Agora você verá as informações sobre a sua audiência. No menu horizontal, a primeira informação será a demográfica. Role a página até encontrar o menu dropdown na barra esquerda que diz “Pessoas conectadas a”. Embora você esteja usando a ferramenta na sua página precisa dizer qual o nome dela para o sistema. Captura de tela 2015-06-02 19.06.53 Você verá uma variedade de métricas, inclusive idade e gênero, estilo de vida, estado civil, educação e trabalho. Usando as informações que o Facebook reúne, crie novos públicos alvo e faça um teste A/B, ou acrescente este novo público às suas audiências. Use o que descobriu sobre o seu público para inventar anúncios que conversem com ele.   2. Alinhe o anúncio com a página de destino da campanha O conteúdo do Facebook tem que se alinhar com o conteúdo da landing page por duas razões. Primeira: você terá maior pontuação por relevância do anúncio – e vai pagar menos pelo clique. Nos últimos anos, a competição pelos anúncios no Facebook levou ao aumento do custo. Em segundo lugar, o alinhamento garante a sua taxa de conversão. Se a pessoa clicou, espera encontrar o que foi prometido. Em caso positivo, sua marca e seu site ganham credibilidade e clientes em potencial tenderão a confiar mais. Confiança é uma parte importante das campanhas no Facebook – se o seu objetivo é vender um produto ou serviço – porque os clientes estão mais dispostos a compartilhar suas informações com uma marca confiável. Além disso, o bom alinhamento dos anúncios com as landing pages diminui abandono de carrinho. 3. Teste um elemento por vez Em vez de criar diversos anúncios e usar o teste A/B, crie variações dos anúncios que convertem melhor e mude um elemento por vez. Por exemplo: pegue seu anúncio com melhor performance, faça cópias e mude apenas o título em cada versão. Faça o teste. Depois de descobrir qual anúncio dá melhor retorno, teste outro elemento – a foto, por exemplo. Lembre-se de fazer combinações de diferentes testes A/B. Depois de testar a manchete, experimente a descrição. De posse da melhor descrição, teste novamente as manchetes. E assim por diante. 4. Experimente exibições diferentes Em vez de colocar o anúncio na coluna da direita da timeline ou usar os anúncios dentro da timeline, teste os locais de exibição também. Se você tem uma campanha com a coluna – e também anúncios para desktop e celulares – teste mexer no lugar de exibição e veja qual a performance. O ideal é ter três campanhas ou conjuntos de anúncios: uma para a coluna da direita, outra para a timeline no desktop e outra para a timeline nos celulares. Isso permite que você controle melhor sua verba. 5. Conquiste novos públicos com campanhas de likes Quando você cria uma nova campanha, sempre é possível excluir as pessoas que já curtiram a sua página. Veja como: Faça o login e clique em criar anúncio no canto superior direito. Vai aparecer o administrador de campanhas. Role até conexões, clique em adicionar nova conexão, escolha Páginas do Facebook. Então selecione Excluir pessoas que curtem a página. Esta é uma boa prática, já que a sua campanha é por curtidas – e pessoas que já curtem são irrelevantes. 6. Melhore o direcionamento com pixels de conversão Se você instalar um pixel de conversão, pode excluir pessoas que já converteram, evitando impressões e cliques irrelevantes. Na janela Editar o Anúncio: clique em Audiência personalizada > selecione excluir > o Facebook vai prover as audiências para o campo. Depois que realizar todas as configurações, cheque a mudança na visão geral das configurações. 7. Use geolocalização Para economizar dinheiro, sempre crie regiões de interesse para o seu anúncio. O ideal é que cada campanha tenha como alvo uma única área porque o custo por clique varia muito. Ao separar os públicos por regiões, você pode participar do leilão de forma justa. E apostar mais onde faz sentido – excluindo ou ignorando outras regiões que não interessam ao seu negócio. Se seu negócio é só no Brasil, tenha em mente que você pode usar cidades ou CEPs para fazer isso. Via: Social Media Examiner

Posts relacionados