A JET está preparada para a Black Friday 2020

A próxima sexta-feira, data da Black Friday, deve ser um dia movimentado para o comércio eletrônico.

Tradicionalmente a liquidação é um dos eventos mais importantes para o varejo, e este ano, com as medidas de distanciamento social, a expectativa é que as vendas se concentrem nas plataformas digitais.

As previsões são otimistas para o período. A ABComm (Associação Brasileira do Comércio Eletrônico) estima que o crescimento deve ficar em torno de 77% em 2020, elevando o faturamento para R$ 6,9 bilhões.

Entre as categorias de produto, os destaques devem ser:

– beleza e perfumaria (previsão de crescimento de 100%);

– moda e acessórios (94%);

– móveis (87%);

– esporte e lazer (73%);

– eletroportáteis (73%);

– brinquedos (68%);

– telefonia (66%);

– eletrodomésticos (57%);

– eletrônicos (50%).

Com clientes em praticamente todos esses setores, a JET já preparou toda a sua infraestrutura para suportar o altíssimo volume de tráfego e transações, não só na sexta-feira da Black Friday, mas também nos dias anteriores e posteriores.

“O objetivo é assegurar a estabilidade da plataforma, garantindo o desempenho positivo e lucrativo dos nossos clientes”, explica Gustavo Chapchap, CMO da JET, lembrando que o SLA da plataforma JET NEO é de 99,9%, um dos mais altos do mercado.

Em 2020, a exemplo do que tem feito nos últimos anos, a JET praticamente triplicou a infraestrutura nesse período para que os clientes possam alcançar o melhor resultado.

A expectativa é alta para esta Black Friday. Segundo Gustavo, o GMV (volume bruto de mercadorias) dos clientes que usam as soluções JET está 10 vezes maior que o registrado em 2019.

A estimativa é que o valor total transacionado na Black Friday cresça mais de 100% em relação à liquidação do ano passado, até em razão da maior relevância conquistada pelo comércio eletrônico.

Para que isso aconteça, a equipe de TI vem trabalhando na infraestrutura desde novembro de 2019, uma vez que a operação começa a ser organizada logo no encerramento do evento.

“Nos últimos anos temos quadruplicado nossa base de servidores, efetuamos diversos testes de desempenho, de stress, de segurança e simulamos diversos cenários que só são alcançados em grandes datas”, detalha Gustavo.

Em 2020 a sala de guerra contará com mais de 30 especialistas trabalhando 24/7 desde a quinta pré-Black Friday (dia 26/11), até o final da tarde do sábado (28/11). Eles farão o monitoramento de todas as operações. Além desse time de especialistas, a equipe de suporte estará a postos para atender e apoiar os clientes no que for necessário.

Posts relacionados