Aprimore sua estratégia: use o YouTube como mídia para seu e-commerce

Conectar varejistas e consumidores de forma diferenciada. Esta é a proposta do novo formato de publicidade do Google, que possibilita a inserção dos anúncios do Google Shopping no feed e nos resultados de pesquisa do YouTube.

Os vídeos tornam-se cada dia mais importante para as estratégias de marketing, daí a relevância de existir mais uma opção para o e-commerce explorar este ambiente.

Neste artigo, além de explicar como funciona o novo formato de anúncio no YouTube, trazemos também informações sobre o crescimento no consumo de vídeos.

Como o e-commerce pode aproveitar o novo formato do Google

As pesquisas realizadas nessa área (veja mais no próximo tópico) confiram que os vídeos têm hoje uma grande importância nas estratégias de divulgação das empresas.

Além da força do formato, pesa a favor do YouTube o fato de a plataforma conseguir conectar as marcas a diferentes audiências, com base em seus interesses e comportamento.

Nesse sentido, a possibilidade de usar os anúncios do Google Shopping no YouTube é um avanço importante para as lojas virtuais, uma vez que esse tipo de publicidade costuma gerar bons resultados em termos de conversão.

Dados do próprio Google indicam que, para o e-commerce, o Google Shopping apresenta resultados até 4 vezes maiores do que os obtidos, por exemplo, com a Rede Display e de Busca.

Vale lembrar que, nesse caso, em vez de palavras-chave, os anúncios são configurados a partir das características dos produtos, como nome, preço, foto e loja na qual estão disponíveis.

Entre as vantagens do formato, destaca-se o fato de os anúncios serem exibidos para os compradores mais relevantes, ou seja, pessoas que procuraram aquele tipo de produto ou serviço.

Ainda pensando nas demandas específicas do setor de comércio eletrônico, importante analisar também as opções do Showcase Shopping Ads, que permite usar coleções de imagens, descrições e promoções relevantes. (leia este artigo sobre o assunto para entender como funciona essa modalidade de anúncios do Google).

Por que é importante ter anúncios no YouTube

O lançamento do novo formato pelo Google tem relação, certamente, com a relevância conquistada pelos vídeos.

Nos Estados Unidos, estatísticas sobre a área de vídeo confirmam o interesse dos usuários.

— nesse estudo, 96% dos entrevistados indicaram que assistiram a um vídeo explicativo para saber mais sobre um produto ou serviço.

— 79% dizem que o vídeo de a marca os convenceu a comprar um software ou aplicativo.

68% declararam que preferem aprender sobre um novo produto ou serviço assistindo a um pequeno vídeo. Isso torna o vídeo mais popular como ferramenta de aprendizado do que artigos baseados em texto (15%), infográficos (4%), apresentações e pitches (4%) e ebooks/manuais (3%).

Esse estudo também envolveu questões relacionadas à percepção das empresas sobre o uso dos vídeos e as respostas foram muito positivas. Para quem tem um negócio na internet, fica a dica: é importante ter um olhar mais atento para as estratégias com vídeos.

Vamos analisar alguns dos dados:

— 87% das empresas têm empregado o vídeo como ferramenta de marketing – esses percentuais eram de 63% em 2017 e 81% em 2018.

— 91% dos profissionais da pesquisa afirmaram que o vídeo hoje é uma parte importante de sua estratégia de marketing.

— 83% dos entrevistados destacaram o bom ROI dos projetos (esse índice era de 78% em 2018).

— 88% dos profissionais relataram que têm aumentado seus investimentos no formato.

A partir desses dados, que indicam tendências importantes sobre o que deve acontecer também no Brasil, faz sentido que os gestores de e-commerce pensem em usar o formato para aproximar-se do seu consumidor.

Como está o consumo de vídeos no Brasil

Há boas razões para concluirmos que o mercado brasileiro tem acompanhado bem essa tendência de consumo de vídeos.

Estudo divulgado pelo Google em setembro de 2019 mostra avanços importantes nessa área.

A sexta edição da Video Viewers, encomendada pelo Google e realizada pela Provokers, indica que:

— em cinco anos, o consumo de vídeo via web cresceu 165%. Para se ter ideia, o consumo na televisão cresceu 25% no período.

— questionados sobre o assunto, 95% dos entrevistados afirmaram ter o costume de ver vídeos online.

— 80% dos entrevistados dizem buscar online conteúdos que não encontram na TV.

— segundo estudo, houve aumento de 70% no tempo de visualização de vídeos no YouTube em comparação a 2018.

— 60% dos entrevistados afirmam ter considerado comprar um produto depois de assistir a um vídeo no YouTube.

Como ter uma boa estratégia de divulgação

O sucesso de um e-commerce depende da atenção dedicada a cada uma de suas áreas. Divulgação é um aspecto importante, daí a necessidade de se analisar todas as opções disponíveis.

Para não errar, o ideal é contar com a ajuda de mão de obra especializada. Uma agência com foco em e-commerce tem um papel importante no planejamento e na execução das estratégias.

Lembre-se: as ações não podem ser tratadas de forma isolada, até porque o consumidor não faz diferença entre os canais.

O emprego do Google Shopping costuma funcionar bem para o e-commerce e, com o novo formato, as lojas têm como aplicar a cobertura de suas campanhas.

Gostou do artigo? Interessado em mais dicas sobre como aumentar os resultados do seu e-commerce? Baixe agora Como transformar seu e-commerce em uma máquina de vendas.

Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *