Expansão do mercado mobile no Brasil

mobile

mobile

O maior mercado mobile da América Latina, com usuários de todas as idades usando smartphones é o Brasil. A pesquisa, feita pela MMA (Mobile Marketing Association), Millward Brown, Netquest, Adsmovil, Mirum, ROIx e Zenvia, foi publicada pelo e-Marketer. Segundo o estudo mais de 90% dos usuários abaixo dos 34 anos têm um smartphone. E entre os pesquisados mais velhos, a adoção também é alta.

Importante notar que muitos dos entrevistados têm celulares que não são smartphones. Os mais jovens são os que menos aceitam estas versões, porém ainda assim na faixa entre 14 e 24 anos estes aparelhos conquistam 24% de mercado.

Os tablets são mais frequentes e alcançaram 50% do mercado entre os maiores de 35 anos. Os usuários dizem que prestam atenção aos anúncios algumas vezes – e pouquíssimos o fazem sempre. Os mais velhos são mais atentos a anúncios que os mais novos.

O eMarketer estima que o brasil terá 83,7 milhões de pessoas acessando a internet todos os meses em 2016 – eramos 73 milhões em 2015. O número representa 71,5% de todos os usuários moveis do país.

Reflexos do mobile no e-commerce e nos negócios digitais

Com este volume de usuários quase exclusivamente mobile, as oportunidades de negócio na área tende a ser melhor e mais explorada. É preciso, além de monitorar as informações que o seu próprio site fornece (sistema operacional, navegador, tipo de conexão), garantir o desempenho frente às conexões mais precárias e instáveis. Comparando estas informações com os números brutos do mercado – disponíveis, por exemplo, no CETIC – é possível mapear comportamentos e adequar as suas estratégias.

Um exemplo da diferença dos sites nacionais para os dos Estados Unidos ou Europa? Quando o usuário entra pelo celular não são exibidos pop ups ou opt-in para newsletter – nos de fora. Por aqui, o mesmo padrão exibido no desktop tende a se repetir no mobile – e acaba com a experiência do usuário.

No marketing a coisa será séria. Primeiro por conta da falta de atenção dos mais jovens aos anúncios – os nativos digitais tendem a ser cegos à publicidade, como a pesquisa mostra bem. Os marqueteiros precisam, com o avanço do uso mobile, buscar outras estratégias e inovar para conquistar o cliente.

O segmento ainda precisa desenvolver novas possibilidades para os usuários móveis. Como facilitar o pagamento no ambiente? Como permitir que o celular se torne uma carteira – e um meio de pagamento? Há inúmeras perguntas ainda sem resposta no Brasil – e que podem colocar o seu e-commerce na frente dos concorrentes se você conseguir responder.

Foto: Death to Stock Photo


Postado em Consumidor

CONTINUE ACOMPANHANDO NOSSAS NOVIDADES AQUI NO BLOG!
SAIBA MAIS SOBRE AS SOLUÇÕES DA JET E-BUSINESS:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *