Como o brasileiro se comporta no e-commerce

Luiz Lichtman, diretor da Safira Joias, conversou com Gustavo Chapchap, CMO da JET e-business, e trouxe dicas valiosas sobre como aumentar as vendas de joias pela internet. Confira!

Definitivamente, as vendas online nunca mais serão as mesmas depois da pandemia. O coronavírus acelerou a mudança no comportamento do consumidor brasileiro em relação às compras na internet. Agora, até quem tinha pé atrás com o e-commerce está se rendendo às comodidades da era digital.

Para falar sobre como essa transformação e como as joalherias podem se beneficiar delas, Luiz Lichtman, diretor da Safira Joias, conversou com Gustavo Chapchap, CMO da JET e-business. Formado em Publicidade e Propaganda com Especialização em Gestão de Projetos, sócio da Insight desde 2001, Gustavo também é Sócio Diretor da InsightPlan, Marketing Clube do Lar, Coordenador de Marketing da ABRADI-SP (Associação Paulista dos Agentes Digitais), Diretor de Marketing Institucional da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Na entrevista, o especialista destacou que a questão não é mais a concorrência entre as vendas físicas ou digitais. O jogo é sobre como resolver o problema do cliente, de fazer chegar o produto até ele. Esse é o ponto que deve ser foco de atenção das empresas nesse momento.

“Nesse sentido, há uma demanda por proximidade, uma busca de segurança. Criar uma relação de confiança com os clientes através dos meios digitais é um grande diferencial para as vendas”.

Gustavo também falou sobre as etapas que definem o processo de compra na internet, o papel estratégico dos influenciadores e o que as joalherias podem fazer para fidelizar os clientes nas vendas online. Vale assistir a entrevista na íntegra e conferir outras dicas do especialista.

Por Cláudia Santana: Veja o artigo original aqui
Luiz Lichtman, diretor da Safira Joias, conversou com Gustavo Chapchap, CMO da JET

Posts relacionados