Dia das Mães deve render R$ 750 milhões ao e-commerce brasileiro

A segunda data mais lucrativa do comércio eletrônico, o Dia das Mães, deve registrar vendas superiores a 20% na comparação com o desempenho obtido pelo setor no mesmo período do ano anterior. A previsão é da e-bit, empresa especializada em informações de e-commerce, que ainda projeta um faturamento de R$ 750 milhões, entre os dias 24 de abril e 8 de maio – em 2010, foram R$ 625 milhões.

Roupas e acessórios, cosméticos, flores e cestas, eletrodomésticos e perfumes estão entre os itens mais vendidos para a data nas lojas virtuais brasileiras. O desafio para os empresários é estar logisticamente preparado para atender a demanda, segundo o diretor geral da e-bit, Pedro Guasti. “O Dia das Mães tem uma importância significativa no e-commerce brasileiro. Para o mercado, é um período de alto pico de vendas e faturamento. Os empresários virtuais devem estar atentos a esse fato e planejar bem a estrutura logística de suas lojas”, orienta ele, que afirma ser este um dos momentos mais esperados pelos lojistas, atrás apenas do Natal.

A entrada de novos consumidores no comércio eletrônico justifica-se principalmente pela alta competitividade do mercado. A variedade de produtos encontrados no mercado virtual estimula a procura dos e-consumidores, como são chamados os clientes que adotaram o modelo como forma de fazer compras. Hoje, já são 23 milhões de brasileiros, número que deve aumentar em quatro milhões ainda neste primeiro semestre de 2011, também segundo as estimativas da e-bit.

Planejar as compras é um meio de garantir melhores preços para o presente escolhido para este dia das mães, que, diz Guasti, será vantajoso para os comerciantes, mesmo com a estimativa abaixo da inicialmente prevista: de 30% foi a 20%, mas existe uma explicação. “Nesse mesmo período no ano passado, a Copa do Mundo provocou uma forte expansão nas vendas de TVs de tela plana, elevando o tíquete médio e o faturamento da data.”

A equipe responsável pelo marketing da e-closet, loja virtual especializada em moda e que utiliza plataforma da JET e-Commerce, tem boas expectativas para o período. As vendas de roupas, como vestidos e tops, é a aposta da empresa, que planeja apresentar uma divisão por estilo, para auxiliar o cliente na escolha pelo produto ideal.

Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *