Dia do Cliente: Pessoas não são cookies

Hoje, 15 de setembro, é o dia do cliente. Criada para homenagear o centro de todos os negócios, é a segunda data no ano dedicada a ele – em março há o dia do consumidor, que, convenhamos é a mesma pessoa. E o maior desafio para o e-commerce é manter e conquistar a fidelidade de seu cliente. E o seu negócio tem todas as chaves para descobrir o maior segredo do seu cliente – seu próximo desejo. Elas estão aí, bem guardadas no seu banco de dados. Com ele você descobre tudo o que cada um deles mais gosta, deseja, quer. Ter acesso a esta informação, direto em seu dashboard, é um privilégio, não? Outra fonte de conhecimento supremo sobre o seu cliente é o Serviço de Atendimento. E-mails e telefonemas são, sim, da máxima importância. Por isso, criar um padrão alto de atendimento é fundamental. Você sabe que na Amazon não há limite de tempo para o atendimento? Por telefone, quanto mais o atendente fica ao telefone e resolve o problema do cliente, melhor. Claro, que, mais que o tempo, é preciso garantir a qualidade. Neste mundo cercado de dados e informações, em que usamos sem dó pixels de acompanhamento, sempre vale lembrar que as pessoas não são cookies. A sua “programação”, esta complexa interação entre genética, ambiente, história pessoal é sempre única e maravilhosa. E hoje é dia de comemorar as muitas diferenças de cada um dos clientes. Porque, afinal, não existe um único cliente, existem milhões de clientes diferentes – que o digam os esforços para criar segmentos e grupos. A alegria que o cliente tem ao ver um “saiu para entrega” só é superada pela abertura do pacote. E o e-commerce cumpre esta promessa milhares de vezes, todos os dias da semana. Continuemos, então, a colocar o cliente no seu lugar de direito: no centro de nossos negócios e atenções. Foto: HighTechDad via Compfight cc; destaque: CSO Projement, Flickr

Posts relacionados