E-commerce 2.0 = Relacionamento

O comportamento do consumidor da era da Internet está mudando a passos largos e as empresas estão enxergando a necessidade de adaptar suas estratégias de mercado para atender a esse novo perfil de consumo. Nesse contexto temos ouvido falar constantemente em relacionamento com o cliente.

Trata-se de uma estratégia que deixa de lado o objetivo de venda e prioriza uma relação de amizade com o consumidor. No entanto, poucas empresas realmente entendem o espírito do Marketing de Relacionamento.

Ainda impera a visão de que toda comunicação com o cliente deve ter um apelo comercial explícito, como uma oferta ou lançamento.

Estamos vivendo um cenário um tanto quanto paradoxal. Cada vez mais o consumidor se afasta da necessidade da presença física, usando a Internet (buscadores e e-commerce) para localizar produtos/serviços. Simultaneamente e em mesma escala cresce sua demanda por um relacionamento mais próximo com as empresas que os oferecem.

Cabe então às empresas – não se restringindo às praticantes de comércio eletrônico – desenvolver estratégias que integrem relacionamento e conteúdo, deixando de lado o anúncio de produtos. É comprovado que o índice de confiança do consumidor em comunicações veiculadas pela própria empresa tem apresentado quedas drásticas ano a ano. Ao mesmo tempo o bom e velho boca-a-boca, maximizado pelas redes sociais, se consolidou como a maior força de divulgação que uma empresa/produto pode ter.

Para atingir o status de “assunto” em uma conversa entre clientes, é preciso ser parte dela, e é esse o desafio da chamada Web 2.0.

Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *