Inbound commerce: afinal, funciona ou não?

inbound commerce

O termo inbound marketing é bem conhecido no mercado digital, mas você já ouviu falar em inbound commerce? Ele é uma variação do primeiro, na qual a metodologia é diretamente aplicada para aumentar os resultados do e-commerce.

Apesar de ainda ser considerado uma novidade, o inbound commerce vem ganhando bastante destaque em nosso país. Ele se baseia no fato de as empresas enxergarem as suas visitas de duas formas: venda ou não venda.

Assim, ele visa trazer estratégias para entender o que fazer com essas visitas que não geram vendas e, então, trazê-las de volta e com chances de conversão. O foco está em três premissas básicas: reconhecer o problema, considerar as opções de soluções e tomar a decisão acertada.

Muitas vezes, os clientes não finalizam a compra, mas deixam informações de contato. O que fazer com esses dados é uma grande dúvida, e o inbound commerce ajuda a solucioná-la ao apresentar os melhores caminhos para transformar clientes perdidos em vendas.

As possibilidades são imensas, dependendo do uso das ferramentas corretas. E para mostrar quais são os principais recursos dessa metodologia e como ela funciona na prática, listamos alguns tópicos sobre o tema. Acompanhe a leitura!

Uso do e-mail marketing

e-mail marketing no inbound commerce tem um papel muito maior do que apenas fazer ofertas diretas ao público. A principal função dele é criar um relacionamento sólido com os clientes.

Serve também como uma excelente fonte de informação sobre a satisfação dos consumidores, lembrando que entender a reação e comportamento do público é essencial para criar estratégias mais focadas no interesse dele.

Basicamente, podemos dizer que a missão do e-mail marketing é gerar valor para o cliente do e-commerce. Algumas formas de fazer isso são: newsletter, notificações de pedidos e até mesmo um canal de pós-venda.

Sobre as notificações de pedido, o e-mail marketing é uma excelente maneira de dar mais transparência ao processo, informando o andamento da transação e passando tranquilidade ao cliente. Esse ponto vai influenciar vendas futuras positivamente.

Estratégia de marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo dentro do inbound commerce é uma forma de levar informações relevantes ao público. A força dessa estratégia é muito grande, e ela funciona tanto como uma porta de entrada para que novos clientes conheçam a sua loja virtual, como para manter os clientes fidelizados.

Todo mundo gosta de ficar informado e receber dicas de quem mostrou ser uma autoridade em seu nicho de atuação, fator que comprova a importância do marketing de conteúdo.

Ele ganha ainda mais relevância se levarmos em conta que a facilidade de pesquisa na internet faz com o que cliente, em diversas ocasiões, busque um grande número de informações antes de fazer a compra. Sob esse aspecto, vemos que o marketing de conteúdo funciona como um excelente gatilho para facilitar a tomada de decisão.

Captação de dados para segmentação

Capturar dados dos clientes é uma prática fácil e comum no e-commerce, e a maior questão está no direcionamento dos dados dentro dessa estratégia.

Uma segmentação bem-feita depende do estudo desses dados e influencia a estratégia como um todo, incluindo o uso do e-mail marketing, a criação de conteúdos mais direcionados ao interesse da persona e também uma oferta maior dos produtos que, de fato, chamem a atenção.

Sendo assim, essa é uma etapa que não pode ser negligenciada dentro do inbound commerce, já que ela diz respeito a grande parte do sucesso que esse recurso pode proporcionar para o seu negócio.

Conversão e manutenção dos leads

Um dos maiores problemas de quem trabalha com loja virtual é o abandono do carrinho. Ele representa, teoricamente, uma venda perdida. Mas, na prática, pode ser visto também como uma oportunidade de venda.

Isso porque é possível “resgatar” esse cliente — até mesmo por, em momentos assim, ele deixar de ser um lead tradicional e passar a ser um lead qualificado. Em outras palavras, podemos dizer que esse consumidor tem uma grande chance de comprar o produto, pois demonstrou interesse real nele.

Se fosse em uma loja física, haveria muitas dificuldades em trazer de volta os clientes que entraram, olharam o produto e não compraram, dependendo exclusivamente do retorno dele por interesse próprio, o que, na maioria das vezes, não acontece.

Algumas formas para reverter o abandono de carrinho, manter e converter o lead são utilizar um e-mail automático para lembrá-lo dessa “compra” pendente, oferecer benefícios adicionais (descontos, frete grátis etc.) e também o uso de uma boa estratégia de remarketing.

Importância do planejamento correto

Assim como toda metodologia a ser aplicada, o inbound commerce exige um planejamento correto para que possa ser executado de maneira precisa. Como vimos, as etapas desse processo são interligadas e dependem uma da outra para o seu bom funcionamento.

Um planejamento correto evita que falte atenção a qualquer uma delas. Imagine investir em e-mail marketing sem ter informações relevantes sobre o comportamento do cliente; ou então criar conteúdos aleatórios que não despertem o interesse do público. Seria, certamente, algo que comprometeria a estratégia como um todo, não é verdade?

Uma dica interessante, nesse sentido, é contar com serviço especializado. Há muitas agências de marketing digital capacitadas para ajudar na implementação do inbound commerce com sucesso.

Apesar de não ser uma estratégia simples, ela é capaz de trazer excelentes resultados, fator que explica o seu crescimento constante. Mais do que gerar vendas, ela qualifica a jornada do cliente, tornando a experiência oferecida pela sua empresa mais ampla e satisfatória, o que também ajuda na fidelização.

Lembre-se de que obter diferencial competitivo é fundamental em um mercado tão concorrido como o das lojas virtuais, e, nesse cenário, o inbound commerce é mais do que uma metodologia, ele é um importante aliado para realizar a ideia de escalabilidade no seu negócio.

Por isso, saia na frente dos seus concorrentes, aplique as dicas apresentadas e veja o seu e-commerce dar um salto de qualidade.

Se você gostou deste artigo e quer receber outras dicas como essas, aproveite para assinar a nossa newsletter e ter acesso a esse valioso conteúdo diretamente no seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *