JET participa do Fórum E-commerce Brasil 2019

Os dez anos do Fórum E-Commerce Brasil foram comemorados em grande estilo. A edição de 2019 do evento, que encerrou na quinta-feira, 18 de julho, superou as expectativas.

Mais de 150 profissionais do Brasil e do exterior revezaram-se nos palcos principais e complementares (nesta edição foram 15 áreas de conteúdo) para compartilhar suas experiências sobre o setor de e-commerce.

Cobrindo todas as frentes do segmento, o evento reuniu especialistas das áreas de operação, gestão, logística, comunicação e tecnologia para discutir as melhores práticas para quem vende pela internet.

Durante os três dias, cerca de 17 mil pessoas acompanharam as apresentações e circularam pela feira de negócios, que contou este ano com 200 expositores.

Pela 8ª. vez, a JET foi uma das patrocinadoras do evento e o seu estande foi uma das paradas obrigatórias da feira de negócios. Os participantes puderam conhecer melhor as novidades da plataforma JET Neo, além dos diferenciais do Zap Commerce.

Homenagem

Na noite de abertura do evento, em 16 de julho, Gustavo Chapchap, diretor de marketing da JET, foi um dos profissionais homenageados com o troféu MVPs, concedido aos profissionais que mais contribuíram para a geração de conhecimento e conteúdo para o setor de comércio eletrônico no último ano.

Gustavo Chapchap – Diretor de Marketing da JET

De olho na Black Friday

Pela importância conquistada pela data, a Black Friday foi tema constante nas palestras do Fórum.

Amanda Santoro, da Marabraz, compartilhou com os participantes a experiência da loja na preparação da liquidação.

Segundo ela, quem ainda não começou a se organizar, deve fazer isso ainda em julho. O varejista já deu início as atividades para a edição de 2019, começando com as compras e a o planejamento das ações de cada uma das áreas da operação.

Dica importante da profissional: é mandatório envolver a empresa como um todo, caso contrário, os resultados não serão atingidos, uma vez que não se trata de uma ação isolada do comercial ou do marketing.

Ela explicou que os trabalhos começam com a análise dos resultados de 2018. É a partir daí que a empresa desenha as estratégias de precificação e de negociação com os fornecedores.

Outro alerta importante da especialista é que, apesar do monitoramento da concorrência e das condições do mercado, é imprescindível definir as margens e respeitá-las. “Por mais importante que seja a Black Friday, é primordial ter um evento sustentável”, argumentou em sua palestra, enfatizando a necessidade de se avaliar os índices de rentabilidade da liquidação.

Em 2018 as estratégias funcionaram: a empresa vendeu 10 vezes mais na data (comparando com outras sextas-feiras) e conseguiu um resultado 168% superior ao planejado.

Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *