KPIs de e-commerce: como definir e mensurar indicadores de sua loja virtual?

KPIs de e-commerce

Uma das principais vantagens do comércio virtual é o fato de que todas as ações são “rastreáveis”.

Isso significa que as interações do consumidor com as plataformas deixam trilhas que podem ser investigadas e transformadas em métricas importantes para implementar mudanças e aumentar as vendas. Por essa razão, é importante definir os KPIs de e-commerce corretamente e utilizá-los para melhorar a performance da loja.

Quer saber como usar esses dados de forma efetiva para conseguir resultados? Então, continue a leitura! Vamos apresentar alguns desses indicadores e explicar em que situações eles provêm dados importantes para o seu negócio. Acompanhe!

Qual é a importância dos KPIs de e-commerce?

Em primeiro lugar, é importante definir o que são KPIs. Trata-se de um conjunto de indicadores-chave de performance (key performance indicators) ou métricas usadas para avaliar determinado aspecto de um negócio. No entanto, não basta elegê-los a partir de uma lista predefinida. É preciso selecionar os que são relevantes para aferir seus objetivos.

Vamos tornar esse conceito mais concreto com um exemplo. Imagine que a sua loja esteja com uma promoção de jaquetas. Seu objetivo é fazer com que o usuário da internet visite a página do site que apresenta essa categoria de produtos. A empresa quer saber qual é a estratégia mais bem-sucedida para obter esse resultado.

Então, você faz uma experiência: seus leads receberão a oferta por uma mensagem de e-mail marketing com um link para a página da promoção, e a outra parte do orçamento será destinada à publicação de um anúncio semelhante, com um botão “clique aqui”, que também leva à mesma página. Ao final de um período definido, a equipe se reúne para avaliar qual dessas ações conseguiu um desempenho mais satisfatório.

Para fazer essa avaliação, é preciso escolher o KPI adequado, de acordo com seu objetivo inicial. Nesse caso, o melhor indicador é a taxa de cliques, que mostra a porcentagem de pessoas que, depois de lerem a mensagem (e-mail ou anúncio), clicaram no link ou botão e chegaram à página de destino desejada.

Quais são os benefícios de usar o KPI correto?

A primeira vantagem de uma definição adequada é a possibilidade de avaliar com precisão o resultado das suas propostas. Dessa forma, os gestores conseguem identificar iniciativas mais eficientes para alcançar determinados objetivos, implementar mudanças e otimizar os investimentos.

Vamos voltar ao exemplo inicial. Suponha que a equipe verificou a taxa de cliques e observou que 3,5% das pessoas que receberam o e-mail marketing clicaram no link e chegaram à página de destino. Porém, só 1,5% dos usuários de redes sociais que visualizaram o anúncio realizaram essa ação. A conclusão é que o primeiro método teve um sucesso maior.

A partir desses números, a equipe pode tomar várias decisões — por exemplo, investir mais tempo e esforços na estratégia de e-mail marketing, que demonstrou maior efetividade. Portanto, usar o KPI correto é a chave para vender mais e otimizar seu investimento.

Quais os principais KPIs de e-commerce?

Alguns indicadores de performance são muito importantes para o e-commerce. Por isso, fizemos uma seleção dos principais e explicaremos o que eles são capazes de avaliar. Confira!

Número de acessos ou tráfego

Considerando que quando um consumidor visita o site de um e-commerce ele está “observando a vitrine” da sua loja online, a quantidade de acessos é um dado relevante.

É preciso monitorar o número de acessos diários, semanais, mensais e sazonais e implementar ações para que ele se mantenha ou cresça. Em caso de queda, é necessário pensar em estratégias para reverter o quadro, especialmente com soluções de marketing digital.

Tempo de permanência no site

No e-commerce, gastar um tempo maior analisando os produtos é um bom sinal de engajamento. Portanto, se os seus visitantes estão abandonando a loja virtual muito rapidamente, esse é um sinal de alerta. Pode ser que eles não estejam encontrando o que realmente desejam, seja em termos de produto ou de preço.

Média de páginas visualizadas por visita

Assim como o tempo de permanência, a visualização de um número maior de páginas de produtos significa um bom engajamento. Uma cliente que procura um scarpin, por exemplo, pode ter se interessado por vários modelos. Logo, ela visualizará mais páginas, e as chances de ela comprar um deles aumenta.

Bounce

Essa é uma taxa que mostra quantos usuários abandonaram seu site depois de visualizarem uma única página. Quando esse número é alto, ele se torna um motivo de preocupação para o e-commerce. É preciso investigar por que os visitantes não tiveram interesse em explorar sua loja virtual.

Ticket médio

Trata-se do valor médio que os clientes gastam em seu e-commerce. É importante avaliá-lo e compará-lo com o número obtido com outras empresas do seu segmento.

A loja virtual pode, então, usar estratégias para aumentá-lo. As mais comuns são o up selling, quando você oferece um produto melhor e mais caro ao consumidor, e o cross selling, quando lhe são indicados produtos que complementam o que ele já pretende adquirir.

Abandono de carrinho

Esse indicador mostra o percentual de pessoas que escolheram produtos, mas não concluíram a compra. Taxas altas de abandono de carrinho podem significar que o seu processo de checkout e pagamento é muito complexo e incentiva a desistência.

Taxa de conversão

Esse é um dos KPIs preferidos dos gestores de e-commerce. Porém, primeiro, precisamos deixar claro que a venda não é o único tipo de conversão. Vamos explicar melhor.

A conversão acontece quando o consumidor realiza qualquer ação que a equipe do e-commerce deseja: clicar em um link, inscrever-se em uma newsletter, preencher um formulário, solicitar uma amostra ou demonstração e, finalmente, comprar um produto.

taxa de conversão mostra a porcentagem de pessoas que atenderam ao seu convite, fazendo o que foi solicitado. Se esse número fica na média do seu segmento ou obtém um resultado melhor, isso significa o sucesso da estratégia.

Existem várias ferramentas no mercado que ajudam a analisar os KPIs. Alguns e-commerces se mantêm em plataformas que já fornecem relatórios completos referentes à performance do site, o que é muito importante para a gestão do negócio. Outros dados podem ser obtidos por meio do Google Analytics. Trata-se de uma ferramenta que apresenta diversos indicadores e pode ajudá-lo a obter insights importantes.

Os KPIs de e-commerce são muitos e, como já dissemos, cada um tem sua função. Enquanto alguns avaliam a efetividade das ações de marketing ou mostram que é preciso segmentar melhor o público-alvo, outros apontam o sucesso e as falhas no design do site e apresentação de produtos.

Em determinados casos, eles mostram que é preciso simplificar o processo de compras, para não perder clientes durante a finalização, e assim por diante. Por isso, é importante conhecê-los e usá-los apropriadamente.

Definir corretamente os KPIs é um dos primeiros passos para melhorar o desempenho da loja online. Quer conhecer outras ações importantes para garantir a alta performance do seu e-commerce? Continue no blog e confira nosso post sobre esse tema.


Postado em Gestão

CONTINUE ACOMPANHANDO NOSSAS NOVIDADES AQUI NO BLOG!
SAIBA MAIS SOBRE AS SOLUÇÕES DA JET E-BUSINESS:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *