Você sabe o que fazer para melhorar a performance da sua loja online?

Em 2017, o e-commerce brasileiro tem a perspectiva de aumentar o próprio faturamento em até 15%.

Isso aponta para uma real chance de crescimento, conferindo a cada gestor de e-commerce a oportunidade de melhorar a performance da loja online que comanda. A previsão é proveniente da Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico, realizada por meio de uma parceria entre a Federação do Comércio de São Paulo (Fecomercio/SP) e a empresa Ebit.

De acordo com a análise de Pedro Guasti, presidente do conselho de comércio eletrônico da Fecomercio/SP, um exemplo de estratégia a ser adotada pelos lojistas online é a oferta de cupons de desconto. Em 2016, eles tiveram um excelente desempenho quando foram associados às estratégias de marketing e remarketing das lojas.

Além dessa ação, ainda há muito a ser feito para aumentar o desempenho no varejo virtual. Continue a leitura deste artigo e saiba como melhorar a performance da sua loja online!

Ouça o que o seu público tem a dizer

Quando desejam melhorar a performance de uma loja virtual, muitos empreendedores esperam uma fórmula de sucesso com todos os passos exatos que precisam ser dados. Se fosse fácil como uma receita, qualquer pessoa poderia se transformar instantaneamente em um empresário bem-sucedido.

Muitas vezes preocupados com apenas com os números, os gestores de e-commerce esquecem que têm ao seu lado uma equipe de especialistas que pode ajudá-lo no crescimento do negócio: os consumidores. Faça pesquisas com seus clientes procurando identificar os pontos fortes e fracos da loja virtual, peça sugestões e considere as reclamações que são feitas, encontrando nelas as oportunidades de melhoria.

Faça up-selling e cross-selling

Ambas são estratégias que sugerem e indicam produtos que podem satisfazer mais os seus clientes. O up-selling funciona pela sugestão de um produto parecido com aquele que o consumidor está observando em sua loja, porém, com um preço de venda maior ou uma margem de lucro mais elevada. O produto sugerido tende a apresentar características mais completas, que podem aumentar o nível de satisfação com a compra.

Já o cross-selling funciona pela sugestão de produtos complementares àquele que o cliente está vendo no e-commerce. Se ele está na página de um smartphone, por exemplo, a plataforma da loja pode sugerir, como itens complementares, um carregador extra, uma película, capa protetora, bateria externa ou um bastão de selfie. São mercadorias que, em algum momento no futuro, o consumidor pode comprar. Por que não antecipar?

Promova uma liquidação para os itens parados no estoque

O negócio que deseja ser rentável precisa cuidar do seu controle de estoque. O estoque faz parte do capital de giro da empresa, portanto, ter uma ampla diversidade de produtos parados nele significa que o seu dinheiro se encontra ali, desvalorizando continuamente. Por esse motivo, pense em uma boa promoção para fazer com que esses itens possam ser vendidos.

Pense nisso: com esse tipo de estratégia você terá a chance de investir em produtos mais novos e modernos, alinhados com os desejos atuais dos consumidores. Antes de criar a promoção, faça um levantamento para identificar quais serão os produtos participantes da ação. Liste-os com base nos seguintes critérios e desenvolva uma estratégia para cada um:

  • têm baixa procura;
  • são sazonais;
  • são perecíveis ou estão com prazo de validade próximo;
  • estão obsoletos ou foram substituídos por versões mais recentes;
  • encontram-se parados há muito tempo no estoque.

Monitore o público para encontrar oportunidades de venda

Não é indicado usar as redes sociais apenas para anunciar ofertas e novidades em sua loja online. Utilize-as como ferramentas para monitorar o público e encontrar oportunidades de venda. Esse trabalho pode ser automatizado por meio de uma ferramenta de monitoramento e gestão de redes sociais. Selecione os termos que devem ser acompanhados para encontrar chances precisas de vender mais.

Grandes lojas virtuais fazem isso! Elas acompanham termos relacionados aos seus produtos. Se alguém menciona, por exemplo, em uma rede social, que seu secador de cabelo queimou, a loja faz a abordagem e oferece um produto novo com desconto de até 5%. Em vez de esperar que essa pessoa procure na internet por um novo produto, a loja faz a prospecção assim que encontra a oportunidade.

Ofereça benefícios que estimulem a compra

Nós falamos, lá no começo, sobre o cupom de desconto. Quando ele é utilizado apenas com o objetivo de promover as vendas, o efeito que surte não atinge o nível esperado. Use o cupom de desconto junto a outras estratégias, como o remarketing e o abandono de carrinho. O mesmo vale para incentivar a primeira compra de um cliente na sua loja online ou a aquisição de produtos com um valor mínimo.

O frete grátis também é outro benefício que pode ser oferecido para estimular as compras e melhorar a performance da loja online. Por mais que ele seja caro para o seu negócio, é possível pensar em mecanismos que ajudem a reduzir os custos para a loja. Procure negociar com fornecedores e transportadoras, e estabeleça o frete grátis como benefício para compras a partir de determinado valor.

Invista em uma nova plataforma de e-commerce

Pode ser que as soluções apresentadas aqui ou aquelas que você deseja aplicar em sua loja online não estejam ao alcance de sua atual plataforma de e-commerce. Na criação da sua loja, a plataforma poderia atender às demandas que foram identificadas na época. Com o tempo, no entanto, é muito comum que o negócio virtual demonstre a necessidade de crescer e adquirir novas funcionalidades.

Para melhorar a performance da loja online, você deve considerar uma solução completa para e-commerce. A plataforma precisa ser robusta, feita para médias e grandes operações no varejo virtual. O nível de customização da plataforma também precisa ser alto, pois o mercado e os consumidores apresentam novas necessidades constantemente, exigindo uma maior flexibilização do negócio.

Da mesma maneira, a plataforma da sua loja deve receber atualizações contínuas que são entregues a partir do desenvolvimento constante de novas funcionalidades. Adaptada às crescentes demandas do mercado, a estrutura da loja acompanha o crescimento da demanda e oferece aos consumidores uma experiência de compra cada vez melhor. Assim, crescerão as vendas, o faturamento e a rentabilidade do negócio.

Prepare-se para melhorar a performance da loja online com as dicas apresentadas aqui. Quer ter acesso a outras estratégias para essa área? Assine nossa newsletter e receba-as diretamente no seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *