Metade dos anúncios em vídeo não são vistos

mãos de mulher seguram celular com tela do YouTube aberta

mãos de mulher seguram celular com tela do YouTube aberta

Que vídeos são de grande ajuda na hora de mostrar e/ou vender produtos nas lojas, é fato. Entretanto parece que os anúncios em vídeo não são tão bem vindos pelos internautas. Segundo o Google, 46% dos anúncios em vídeo disponíveis em mobile e desktop nunca foram visualizados.

Já no YouTube, os números são melhores: 91% dos vídeos chegam ser exibidos telas por, pelo menos, dois segundos. O problema com os anúncios em vídeo, segundo o Ad Age, que é que não há garantia de que serão vistos, já que a pessoa pode mudar de aba ou descer até a parte de comentários enquanto o comercial aparece. Dentre os vídeos não são assistidos, 76% não foram exibidos nem uma única vez, enquanto os outros 24% foram pulados pelos usuários.

O Google não separou as visualizações entre banners e players, então não foi possível determinar qual formato obteve melhores resultados.

Então, para os lojistas digitais, a dica é: use vídeos para informar seu cliente sobre produtos e serviços, evite usá-los como anúncios. Afinal, se o consumidor prefere Netflix exatamente porque não é obrigado ao intervalo comercial, porque ele vai se submeter a anúncios em vídeo internet afora?

 

Via: E-Commerce Brasil

foto: Yalantis

Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *