Perspectiva para o e-commerce 2019: visão dos especialistas da JET

Quem acredita no que faz, não tem razão para duvidar do sucesso! É nesse clima que a equipe da JET se preparou para enfrentar o ano de 2019.

Depois de um período de muita turbulência, há boas chances de recuperação da economia. É o que podemos deduzir das projeções das principais instituições financeiras do país.

Os grandes bancos reformularam suas projeções de PIB para o país, revisando as metas para cima.

Para um setor que conseguiu crescer mesmo na crise, as expectativas não poderiam ser melhores.

Tudo indica que o setor de e-commerce mantenha o seu crescimento na faixa dos dois dígitos, como tem acontecido nos últimos anos.

O que mais esperar de 2019? Confira a visão dos especialistas da JET para este ano!

Por que investir no comércio eletrônico?

Há bons indicativos para comprovar que o e-commerce está em ascensão e tem todas as condições para continuar crescendo no Brasil. Os consumidores estão mais maduros e os canais convergindo. Nesse cenário, ter um sistema de venda online passa a ser uma condição quase mandatória para qualquer empresa que comercializa produtos ou serviços.

Mercado em ascensão

A movimentação do mercado no final de 2018 é uma prova disso. A Black Friday registrou um crescimento de 23% em relação ao alcançado na edição anterior. Para se ter ideia, a previsão era crescer 15%.

Investimentos em alta

Outro fato relevante e que sustenta as previsões otimistas para 2019 são os investimentos que têm sido realizados pelas empresas em várias frentes da atividade.

Como exemplo, podemos citar as melhorias implantadas nas integrações entre sistemas. Quem ganha é o consumidor, que tem uma melhor experiência, e o lojista, que tem acesso a mais ferramentas para aumentar o potencial da sua loja.

Um dos destaques nessa área são as soluções que integram os diversos canais de venda, para atender o comportamento omnichannel do consumidor.

As atenções também se voltam para a necessidade de valorizar cada vez mais o mobile. Os dispositivos móveis ocupam hoje um papel central na vida do brasileiro e estar preparado para oferecer um ambiente com fluxo amigável para o cliente é pré-requisito para o sucesso do lojista.

Novas soluções

A JET e-business está de olho nessa movimentação. Entre as iniciativas, destaque para o desenvolvimento do ZapCommerce, que viabiliza a venda via aplicativos de mensagens como WhatsApp e outros comunicadores como Facebook Messenger e Instagram Direct.

O APP será conectado com a plataforma JET NEO. O objetivo é aumentar ainda mais o DNA omnichannel da solução.

Em relação às inovações que devem ser feitas na JET NEO, a prioridade é continua focada na conversão dos clientes. A plataforma tem excelentes resultados nessa área, superiores ao dos concorrentes, mas a equipe tem trabalhado em inovações e ouvindo o feedback dos clientes para entregar uma solução com ainda mais performance.

Quando se analisam as condições gerais do mercado brasileiro de e-commerce, o aumento da taxa de conversão é um desafio comum. Essa frente exige atenção, uma vez que o crescimento do setor deve tornar a concorrência mais acirrada.

O que esperar de 20019

2019 deve ser um ano desafiador para o segmento. Considerando as perspectivas de crescimento da economia, será um momento importante para que as operações se consolidem.

Como ocorre nesses momentos de expansão, será mais bem-sucedido nessa história quem conseguir antecipar-se às demandas do consumidor.

Essa é uma característica do varejo online. O consumidor nem sempre consegue manifestar de forma clara suas demandas. Ele só sabe que aquela experiência poderia ser mais agradável.

Por isso, é tão importante o estudo de novas possibilidades pelas empresas especializadas em e-commerce. O aprendizado sobre o comportamento do usuário, aliado ao conhecimento técnico, pode fazer muita diferença no desenvolvimento de soluções mais eficientes para área.

Refletindo sobre o cenário que se desenha para 2019, algumas questões devem ser priorizadas na área de e-commerce:

– Logística

Nessa frente, uma questão torna-se cada dia mais importante: redução do tempo de entrega das mercadorias. Não tem jeito, temos um público cada vez mais imediatista.

Atender essa demanda exige mais inteligência por parte de todo o ecossistema do e-commerce, uma vez que estamos falando de mudanças na gestão de estoque, descentralização dos centros de distribuição e até da criação de novas modalidades – nos Estados Unidos os drones devem se tornar realidade em breve e, por aqui, deve se intensificar o uso de aplicativos de transporte.

 

– Canais de venda

A omnicanalidade não é mais uma tendência, tornou-se realidade para o e-commerce. O consumidor não vê diferença entre os canais, portanto, as lojas precisam oferecer experiências cada vez mais integradas.

Fique atento: não estamos falando mais apenas da possibilidade de compra em canais diferentes. As transações, seja na loja física, mobile, web, marketplaces e redes sociais, precisam ser administradas na mesma plataforma.

Sem um hub nativo e uma plataforma com DNA omnichannel o e-commerce perde espaço no mercado porque deixa de atender à uma exigência do consumidor 3.0.

Ainda em relação aos canais de venda, o mobile precisa ser priorizado. O aparelho celular é o principal meio de acesso à internet para diversas plataformas e o cliente está mais confortável para efetuar compras, e não apenas realizar suas pesquisas.

– Automatização

O uso de inteligência artificial nos processos de venda deve ganhar fôlego em 2019. A capacidade de processamento dos computadores evoluiu muito e o varejo online deve aproveitar os recursos para tornar sua operação mais eficiente.

Gestão, marketing e atendimento ao consumidor são áreas que devem se beneficiar das novas soluções.

No dia a dia do setor, essa movimentação deve impulsionar ainda mais a opção pelas plataformas modelo SaaS. Afinal, com tantas novidades aparecendo, nada melhor do que ter acesso irrestrito às inovações introduzidas pelos fornecedores, correto?

Separamos para este artigo algumas das principais tendências para o e-commerce em 2019. Ao elaborar o seu planejamento anual, lembre-se de que para acompanhar as transformações é importante investir na capacitação da sua equipe.

Siga a JET nas redes sociais e tenha acesso, durante todo o ano, a nossos conteúdos exclusivos: Facebook, LinkedIn e Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *