Podcast-se: Vendedor gerando dados online direto da loja

Neste episódio apresentado por Cassio Politi (Tracto), o tema foi a integração dos canais on e offline. O omnichannel já é uma realidade para o consumidor, que não faz distinção entre os canais. Mas como as empresas podem fazer para integrar suas operações de forma efetiva? Como a loja pode colocar o vendedor da loja física na jornada digital? As respostas para essas e outras questões foram apresentadas no podcast por Gustavo Chapchap, CMO da JET.

De forma didática, Gustavo explicou as mudanças que estão acontecendo neste momento. “As pessoas estão isoladas fisicamente, mas nunca estiveram tão ativas socialmente, justamente por causa das plataformas digitais”, lembrou.

E se o aparelho celular concentrou diversas das nossas atividades, qual a lógica de o varejo ficar fora deste ambiente? Nenhuma, certo?

Então, é importante investir na integração do mobile com os demais canais, lembrando que a tecnologia é o motor desta mudança, mas quem está no comando é o cliente. Ou seja, as mudanças estão acontecendo porque o público aderiu às compras online.

Neste contexto, quando se olha para as necessidades dos consumidores, faz todo sentido que a pessoa possa usar em suas compras aplicativos como o ZapCommerce, que viabiliza a venda via serviços de mensageria, como o WhatsApp.

No podcast, Gustavo relata a história do app desenvolvido pela JET, que foi lançado antes da pandemia, porém, ganhou ainda mais relevância diante da necessidade das lojas de se conectarem com os seus clientes neste período de restrições à operação das lojas físicas.

“O nosso desafio foi pensar em como poderíamos ajudar as empresas a ampliar os chamados ‘momentos de compra’, usando a sua própria base de clientes”, afirmou o CMO da JET.

A proposta de ter um app que funcionasse no WhatsApp foi resultado das pesquisas realizadas pela JET, nas quais constatou que muitas lojas já usavam o aplicativo para vender seus produtos.

A vantagem do ZapCommerce é que ele “oficializa” essa operação e também permite mudar o papel dos vendedores, que passam a atuar como nano influenciadores, assumindo uma função muito mais ativa.

Vários clientes da JET têm conseguido excelentes resultados ao colocar essa proposta em prática. É o caso da Le Postiche, que tem usado o app para facilitar o contato dos clientes com a loja e, a partir dos dados gerados, tem conseguido tornar a sua abordagem mais assertiva.

Outro caso citado por Gustavo foi o do Zoológico. Logo no início da pandemia a instituição usou o app para fazer a venda de ingressos para a atração, enquanto o local estava fechado.

Proximidade, personalização e privacidade. Esses fatores fazem a diferença hoje para o varejo e uma das formas de colocá-los em prática é a partir do uso de apps como o ZapCommerce.

Para saber mais sobre o assunto e conferir os exemplos apresentados durante o enriquecedor bate-papo do Podcast-se, basta dar o play! Você vai entender como reorganizar seu negócio neste “novo” ambiente!

Posts relacionados