Recupere mais carrinhos abandonados

 

shutterstock_311389235

Trabalhar os carrinhos abandonados no e-commerce exige trabalho, sempre. Para começar, você precisa saber quantos produtos foram deixados – e onde. Em 2013 o cenário do e-commerce era o seguinte:

  • Taxa Média de Abandono: 81%
  • Nos setores de viagem: 68%, moda e varejo: 86% e finanças: 82%
  • Taxa Média de Campanhas de Recuperação de Carrinhos: 53% de e-mails abertos
  • Nos setores de viagem: 55%, moda e varejo: 51% e finanças: 52%
  • Taxa Média de e-mails clicados: 32%
  • Nos setores de viagem: 30%, moda e varejo: 38% e finanças: 39%
  • Taxa média de conversão por cliques em todos os setores: 25%

Fonte: E-commerce Brasil

A taxa média já caiu um pouco, 5%, mas continua alta. Surpreende mais, entretanto, a pouca pro-atividade entre os administradores do comércio eletrônico quando o assunto é carrinho abandonado. Em geral, o custoso tráfego que não se transforma em conversão é deixado assim.

Mas carrinhos abandonados, em geral, são o lugar onde a conversão é mais possível e fácil. Para se ter uma ideia, uma rede de grandes livrarias, a Saraiva/Siciliano, consegue reverter cerca de 30% dos carrinhos abandonados nas categorias beleza e saúde com e-mail marketing personalizado.

O primeiro passo para tratar do assunto, como sempre, é conhecê-lo. Se sua loja investe em experiência, usabilidade e acompanha cada detalhe de suas ações digitais, estas estatísticas estão à sua disposição todos os dias. A partir daí, trabalho no remarketing.

O seu cliente colocou produtos no carrinho após o login e foi embora? Tenha uma ação pronta, automática, para que ele volte. Os e-mails personalizados são, realmente, uma fonte preciosa para conseguir informação e fazer análise de desempenho – tanto de produtos, como de preço, frete e concorrência.

Além dos e-mails automáticos e personalizados, há ferramentas prontas para a recuperação: tecnologias de ação pós-click (quando o cliente faz a ação de sair recebe avisos personalizados) e as ferramentas comportamentais para sugestão de produtos.

Estas estratégias de reconquista do usuário precisam estar dentro dos processos de todos os e-commerces – e fazem parte do atendimento e da gestão de clientes. Num tempo em que a atenção é escassa e o custo do tráfego é alto, otimizar é preciso para garantir lucratividade, rentabilidade e conversão.

A disciplina na hora de tratar carrinhos abandonados – e taxa de conversão – pode ser o grande diferencial para o seu negócio. Ao cuidar do seu processo de compra, aperfeiçoar o funil, atender melhor o seu cliente, os resultados tendem a melhorar.

 

Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *