Conheça 11 técnicas cruciais de SEO para loja virtual

SEO para loja virtual

O nicho de e-commerce é bastante atraente para quem visa obter bons lucros na internet. O crescimento do consumo virtual impulsiona esse interesse. Mas para obter destaque, não basta ter uma presença online, é preciso que ela seja sólida o suficiente para gerar tráfego recorrente e que esses visitantes possam ser convertidos em vendas.

Para que isso aconteça, é necessário montar uma estratégia vencedora e que conte com as melhores ferramentas de marketing digital. Uma delas é o SEO (Search Engine Optimization), que consiste em um conjunto de técnicas para otimizar o site a fim de ranquear melhor nos motores de busca e assim maximizar o alcance da página.

Conheça abaixo 11 técnicas de SEO para loja virtual e veja como elas são fundamentais para potencializar os seus resultados.

1- Pesquisar a palavra-chave

Pesquisar a palavra-chave é o primeiro passo para identificar quais aquelas que mais se encaixam para divulgar o seu produto ou serviço. Nessa escolha, deve-se estar atento ao volume de buscas, relevância das palavras escolhidas e dificuldade de ranqueamento.

Conhecer bem o seu público-alvo ajuda bastante a realizar essa tarefa com êxito. Afinal, uma boa investigação de como ele se comporta facilita na hora de criar uma comunicação mais poderosa.

2- Evitar ranquear as mesmas palavras

Umas das técnicas mais importantes de SEO para loja virtual é evitar ranquear as mesmas palavras-chave para várias páginas do site. Lojas online normalmente contam com um vasto catálogo de produtos. Com isso, criam-se muitas URLs.

Ter esse cuidado é fundamental para que as palavras não se prejudiquem entre si. Uma maneira funcional de fazer isso é listar as páginas e palavras-chave utilizadas em cada uma delas, tornando assim mais fácil o processo de visualização de quais já estão sendo usadas.

3- Incorporar palavras-chave

Para potencializar o uso do SEO, é importante incorporar as palavras-chave escolhidas em diversos locais do site, tais como: títulos, subtítulos, parágrafos iniciais, descrições, nomes dos arquivos, tags de imagens, meta título e URLs.

Negligenciar esse posicionamento estratégico pode ter um impacto negativo na forma com que o motor de busca enxerga o seu site e, consequentemente, no ranqueamento.

4- Colocar links internos

Usar links internos é uma ótima maneira de melhorar o SEO para loja virtual, pois ajuda o algoritmo do Google a entender como funciona a hierarquia do seu site e o que você considera ser mais relevante.

Eles funcionam basicamente como uma espécie de âncora e valorizam as palavras-chave mais importantes. É essencial ter o cuidado para não usar links internos demais, já que essa prática pode causar o efeito contrário e prejudicar as compras em seu portal.

5- Valorizar a arquitetura do site

Uma loja virtual que possui uma arquitetura bem organizada ganha muitos pontos em termos de usabilidade, ranqueamento e conversões.

Também ajuda tanto o Google como os usuários a “se acharem” no seu site mais facilmente, o que é fundamental para a qualidade da experiência proporcionada.

Uma dica é focar na simplicidade e na intuitividade. Ou seja, permitir que o visitante rapidamente identifique como funciona o seu comércio eletrônico, tendo assim maior facilidade para navegar.

É importante também disponibilizar uma versão mobile do seu e-commerce, afinal grande parte dos acessos ocorre via dispositivos móveis.

6- Integrar com as mídias sociais

A força das mídias sociais é imensa. Por isso, uma boa estratégia de SEO para loja virtual deve levar esse fator em conta. Integrar o e-commerce com as redes sociais ajuda a atrair mais visitas, favorece a recorrência e torna a experiência mais completa.

É importante compartilhar os seus links nas redes sociais da empresa e também adicionar botões de compartilhamento no site, incluindo aqui blog, páginas de produtos e homepage.

7- Usar o link building

O link building é uma forma de mostrar para os motores de busca o quanto o seu conteúdo é relevante.

A melhor maneira de fazer isso é ter sites parceiros (confiáveis) que criem direcionamentos para as suas páginas. Você pode fazer o mesmo criando links que levem o usuário para endereços relevantes.

8- Estar atento às mudanças do algoritmo

Tanto o mercado quanto o algoritmo do Google apresentam seguidas mudanças. Dessa forma, é preciso estar atento, porque o que funciona hoje pode não funcionar amanhã.

Há inclusive mudanças que podem impactar significativamente o andamento das ações, trazendo assim a necessidade de que haja um rápido direcionamento, a fim de manter a qualidade do tráfego obtido e não perder posições no ranqueamento.

9- Fazer varredura de erros

É normal um site apresentar erros. Isso é mais comum naqueles que têm muitas páginas, como as lojas virtuais. Sabendo disso, é essencial fazer, de tempos em tempos, uma varredura para verificar se existe algum problema.

Algumas das ocorrências mais comuns e que prejudicam o SEO são:

– Links quebrados;
– Erro no servidor;
– Acesso negado;
– Conteúdo duplicado.

Caso haja grande recorrência desses erros, existe o risco do seu site ser desindexado, já que o Google pode considerar que ele está propiciando uma experiência negativa para os usuários.

10- Manter o site atualizado

Manter o site atualizado é uma forma do Google entender que a sua empresa se preocupa em oferecer algo novo para os usuários, fator que é muito valorizado no ranqueamento.

Além disso, demonstra a seus clientes maior profissionalismo e desejo de oferecer soluções mais completas. Renovar o conteúdo, trocar os banners com frequência e criar promoções são algumas maneiras de fazer isso.

11- Entender o SEO como um processo contínuo

Uma estratégia de SEO precisa ser entendida como um processo contínuo, já que não se trata de algo que se faz apenas uma vez. Para que haja sucesso, é necessário constante monitoramento das ações e dos resultados.

Esse hábito leva ao aperfeiçoamento da estratégia, o que serve também como uma vantagem competitiva em relação aos concorrentes, pois não são todos que conseguirão investir tempo e dinheiro para tirar melhor proveito dessa ferramenta.

Por isso, não deixe de aplicar as dicas aqui expostas. Elas ensinam como utilizar o SEO para loja virtual da melhor forma possível e, com isso, obter grandes resultados.

E já que o assunto é loja virtual, que tal receber outras dicas como essas para ajudar o seu e-commerce a subir de patamar? Basta assinar a nossa newsletter. Aproveite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *