Vendas multicanal: o segredo para escalar sua empresa

vendas multicanal

As vendas multicanal são importantes hoje para qualquer tipo de negócio, independentemente do ramo de atuação ou porte da empresa.

A explicação para isso é simples: o comportamento do consumidor é omnichannel, ou seja, ele quer aproveitar todas as possibilidades de contato com suas marcas preferidas.

Nesse contexto, para quem tem uma loja física, ter um e-commerce não significa abrir mão desse canal. A proposta é multiplicar as oportunidades de vendas, oferecendo outras possibilidades para o cliente conhecer e comprar o seu produto.

Detalhe importante: não estamos falando apenas do website. O ideal é cobrir também outras frentes que são relevantes para o consumidor atualmente, como mobile, marketplaces, redes sociais e serviços de mensageria, como o WhatsApp.

Se você não sabe por onde começar sua estratégia omnichannel, preste atenção às informações que separamos para este artigo. Vamos mostrar como aproveitar melhor as vendas multicanal para ganhar escala nas suas vendas e faturamento.

Vendas multicanal: por que elas são importantes?

Como explicamos no início do texto, as vendas multicanal têm ganhado relevância em função do comportamento do consumidor. Como as pessoas passam muito tempo conectadas à internet, é natural que desejem se relacionar com as marcas nesse ambiente.

Os dados do estudo Webshoppers, da E-bit/Nielsen, comprovam como a jornada de compra tem se tornado mais complexa. Em 2018, por exemplo, o brasileiro visitou, em média, 8 canais diferentes para fazer as suas compras ao longo do ano.

E, veja que interessante, o volume de pedidos via mobile commerce teve um aumento de 41% em 2018. E a tendência é que o ritmo seja mantido. As vendas via dispositivos móveis representaram 42,8% de todos os pedidos do e-commerce do Brasil em janeiro de 2019.

O estudo ainda confirma que as vendas online têm apresentado, em todo o mundo, crescimento maior que o varejo tradicional. Em alguns setores, os índices são 5 vezes superiores aos registrados no ambiente offline.

Uma das conclusões que se pode tirar desses números é que o e-commerce é uma das saídas mais rentáveis para quem espera ganhar escala no seu negócio, aumentar as bases de faturamento.

Trata-se de uma alternativa mais vantajosa, por exemplo, do que expandir a rede de lojas físicas. Além da questão do custo operacional, pesa a favor das vendas online o fato de a marca ficar disponível em outras plataformas.

Com isso, a loja pode tanto conquistar novos clientes (pessoas que preferem fazer compras online), como aumentar o ticket médio dos consumidores atuais, que com novos canais à disposição têm como aumentar a frequência de compra.

Para aproveitar as oportunidades, o segredo é extrair todo o potencial de cada canal. Vamos ver no próximo tópico como isso funciona!

Como aproveitar cada canal de venda?

 

Loja física

O comércio físico continua relevante para quem investe num e-commerce, principalmente se o lojista conseguir integrar as operações.

Como fazer isso? Simples, basta investir numa plataforma de e-commerce baseada no conceito omnichannel.

Na prática, isso significa que todas as informações ficarão registradas no mesmo sistema, o que facilita bastante o trabalho no dia a dia da operação, bem como as atividades de marketing e comunicação.

Isso acontece porque é possível usar os recursos tecnológicos da loja virtual para aprimorar os serviços oferecidos ao cliente, por exemplo, na área de atendimento.

Website

Lembre-se de que o principal é proporcionar a melhor experiência para o usuário. Portanto, para o site, invista em soluções que agilizem o processo de compra e que garantam mais segurança para o cliente.

Além dos recursos visíveis para o comprador, é importante ter uma plataforma de vendas focada em conversão. Ou seja, certifique-se de que o sistema escolhido disponha de ferramentas para auxiliar na gestão da loja e que esteja preparado para fazer a integração com outros sistemas.

Anote aí: as integrações são fundamentais para quem pretende adotar uma estratégia multicanal no seu negócio.

Mobile

Há alguns anos, ao falarmos de vendas online via aparelho celular, pensávamos logo na responsividade. Ou seja, a necessidade de ter um site que se adaptasse a todos os tipos de dispositivos.

Isso ainda é necessário, claro, mas para ter sucesso nessa área o e-commerce deve ir além. Deve desenvolver também outras possibilidades para aproveitar melhor a conexão com o público.

Quer um exemplo prático? O uso pela loja dos serviços de Mensageria, como WhatsApp, Messenger, Skype etc.

Esses aplicativos estão presentes na vida do cliente, então, faz sentido que as lojas possam usá-los para comunicar novidades e também vender seus produtos.

O ZapCommerce foi desenvolvido justamente para esse fim. O lojista consegue conversar com seus clientes pelo WhatsApp e outros apps de mensagem para apresentar produtos selecionados a cada perfil e fechar a venda.

Além de automatizar o processo e oferecer um ambiente seguro, há outra vantagem: todas as informações ficam registradas na própria plataforma, o que facilita a gestão das vendas.

Redes Sociais

Antes vistas apenas como canais de divulgação, hoje as redes sociais ganham cada dia mais importância para as vendas.

E o canal não pode ser ignorado, afinal, 96,2% dos usuários de internet mantêm perfis nesses canais.

Porém, para aproveitar melhor as oportunidades nesse ambiente, é essencial que a operação atue de forma integrada. Para isso, fique atento: escolha uma plataforma de e-commerce omnichannel.

O planejamento das iniciativas nessa área precisa levar em conta a relevância do social commerce. Ou seja, não se trata apenas de mais um canal de vendas. As redes sociais são importantes canais de interação entre os consumidores e as marcas.

Marketplace

Os marketplaces têm hoje a preferência de um número significativo de consumidores, daí a necessidade de integrar o seu e-commerce a essas operações.

Mas fique atento: para que a sua loja ganhe escala e continue evoluindo, não vale a pena abrir mão do seu e-commerce para concentrar-se apenas nesses canais. O ideal é atuar de forma integrada!

Com uma plataforma com hub nativo você faz essa integração sem maiores dificuldades, uma vez que o sistema já está preparado para administrar as vendas em diferentes canais.

Como ter uma estratégia bem-sucedida?

Além de cuidar das questões operacionais, como a gestão das vendas, a adoção de uma estratégia multicanal exige atenção com a comunicação.

As equipes de marketing e de vendas devem usar as informações disponíveis para organizar melhor as estratégias.

É a partir daí que será possível empregar o conceito de omnicanalidade para aumentar os índices de conversão da loja. A proposta é abordar o cliente no momento certo, dizendo exatamente o que ele quer ouvir para decidir-se pela marca.

Nesse sentido, que atua com vendas multicanal leva vantagem sobre a concorrência, uma vez que valoriza a conveniência do cliente. É ele quem escolhe como e onde vai interagir com a marca.

Gostou do artigo? Quer aprimorar suas iniciativas nessa área? Baixe agora nosso eBook Omnicanalidade: entenda como melhorar a experiência do cliente.


Postado em Vendas

CONTINUE ACOMPANHANDO NOSSAS NOVIDADES AQUI NO BLOG!
SAIBA MAIS SOBRE AS SOLUÇÕES DA JET E-BUSINESS:


Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *