Vendas via WhatsApp: veja como turbinar suas estratégias

Com as lojas físicas fechadas por conta das medidas de distanciamento social, o consumidor precisou recorrer à internet para realizar suas compras. Essa movimentação, como era esperado, impactou positivamente o setor de e-commerce, que viu seus números crescerem em meio à crise. O aumento das vendas foi acentuado em diversas categorias de produtos e, como mostram pesquisas realizadas na área, a tendência é que o segmento continue forte no pós-pandemia. A explicação é simples: os consumidores que experimentaram as facilidades das compras online não devem ignorar esses canais. O comércio eletrônico também representa vantagens importantes para as empresas que, mesmo com a abertura das lojas físicas, devem continuar aproveitando os benefícios das plataformas digitais. A possibilidade de acessar o público por meio de outros canais é um dos diferenciais do e-commerce, mas destaca-se também outra questão: a oportunidade de trabalhar melhor com os dados dos clientes, o que torna as ações mais eficazes.

As vantagens das vendas via WhatsApp

Nesse processo de mudança do mercado, chama a atenção o uso cada vez mais intenso de ferramentas como os apps de mensagens. Os serviços de mensageria já vinham assumindo um papel importante nas estratégias de vendas das empresas, mas ganharam um novo impulso. Para entendermos a importância do WhatsApp no dia a dia do brasileiro, vale atentar para os números: — segundo a última pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria móvel, trata-se do app mais popular do Brasil, instalado em 99% dos smartphones. — o aplicativo está presente na primeira tela de 57% dos aparelhos nacionais. — para se ter ideia da liderança do WhatsApp, Messenger tem 30% de participação; Skype, 26%; e Zoom, 22%. Além da questão quantitativa, é preciso considerar que o crescimento no emprego do WhatsApp e de outros serviços de mensageria tem relação direta com a mudança que tem acontecido no comportamento do consumidor. Ela se acentuou em razão da pandemia do Covid-19, mas a verdade é que essa transformação já estava em curso e trata-se de mudança irreversível. O que está por trás dessa história é o impacto da tecnologia na nossa vida. O cidadão reinventou o modo como consume informação, se entretém, compra, se comunica, estuda, se locomove, procura emprego e faz negócios.

O impacto no dia a dia das lojas

Nesse ambiente, não há como ignorar a necessidade de mudanças nas empresas, principalmente em relação à adoção do conceito omnichannel. Não basta oferecer mais canais para o cliente, é preciso atuar de forma integrada, visando a melhora da experiência de compra. Essa questão envolve a usabilidade do sistema de vendas da loja, mas contempla outros aspectos, como atendimento, entrega, qualidade do produto e até o pós-vendas. No final, o que importa, é como a marca atua para resolver o problema do cliente. Sob a perspectiva do varejo, isso implica em conferir mais importância às nuances do novo comportamento do consumidor: * os relacionamentos sociais têm grande importância, o que exige, por exemplo, atenção com os reviews. * cada dia mais bem informado, os clientes já chegam na loja sabendo o que querem. O que muda para o vendedor? Ele precisa assumir o papel de consultor de forma efetiva e não apenas no discurso. * a necessidade de reconhecimento é outro fator importante e passa pela qualidade no atendimento. * a busca de conveniência é um fator decisivo para esse “novo” consumidor. Para as lojas, isso significa que precisam ser mais ágeis no atendimento das demandas do cliente, muito mais impaciente do que no passado. * a demanda por experiências diferenciadas é um atributo que se destaca nas operações de sucesso e tem a ver com essa necessidade de as marcas oferecerem uma demanda fluida e sem atrito.

Quais são as melhores estratégias?

Para que as vendas via WhatsApp funcionem, é importante que as lojas consigam trabalhar melhor a gestão da venda. Nesse processo, é prioritário, por exemplo, entender que o vendedor está se transformando num agente de marketing. Com mais facilidade na captação das informações sobre o cliente, o vendedor tem como saber quais são as dúvidas recorrentes e construir a sua argumentação de venda de forma precisa. Reside nesse aspecto a vantagem de apps como o ZapCommerce: a loja garante toda a assistência ao consumidor na hora da compra, assim como acontece na loja física. Ao estruturar suas estratégias, o principal é aproveitar a conveniência do digital, ao mesmo tempo em que valoriza a proximidade da loja física. Isso ocorre, por exemplo, quando o vendedor envia ofertas personalizadas e, a distância, faz todo o processo de encaminhamento da venda, até chegar no pagamento. As iniciativas serão mais bem-feitas se o e-commerce: — conhecer o público-alvo; — automatizar os processos da loja; — investir na personalização do atendimento e da comunicação; — sincronizar os canais; — focar no relacionamento e não no simples atendimento; — redobrar a atenção com as possibilidades de inovação, tanto na operação como nas estratégias.

Vantagens do ZapCommerce

Em sua versão Corporate, o app desenvolvido pela JET oferece para as empresas:

Informação total

Informações totais sobre o consumidor com uma camada de Business Intelligence (BI) personalizada. A view do BI pode ser personalizada.

Personalização

O aplicativo é personalizado com a identidade da empresa e com os parâmetros definidos no projeto.

Autonomia para os vendedores

A loja tem como oferecer atendimento personalizado com informações relevantes sobre o produto e interação no canal de preferência do consumidor.

Comunicação push

É possível alcançar toda a rede com push notification, enviando mensagens informativas, de incentivo ou comunicação de uma campanha.

Integração

API para integração com ERP, plataforma de e-commerce e CRM. Como você viu, hoje as operações têm à disposição diversas soluções para aproveitar melhor o potencial das novas tecnologias e, com isso, garantir a sobrevivência (e o crescimento) de seus negócios. Gostou do artigo? Entendeu melhor como aprimorar as vendas via WhatsApp? Veja como implantar modelos de venda direta e de afiliados!

Posts relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *