O que é e-mail marketing? (descubra como ele pode alavancar suas vendas!)

o que é email marketing

O e-mail marketing tem um importante papel nos esforços de vendas dos e-commerces. Para começar, isso acontece porque ele viabiliza o contato direto com o cliente.

Contudo, o seu uso será mais efetivo se a loja souber empregar o recurso de forma profissional, explorando todo o seu potencial. Dica importante: é imprescindível que o trabalho esteja alinhado com a estratégia de marketing digital do e-commerce.

A verdade é esta: todo mundo sabe o que é e-mail marketing, porém, nem todos conseguem ter um planejamento adequado para essa área, o que prejudica os resultados.

Neste artigo, vamos detalhar as estratégias que podem ser empregadas, bem como os erros que devem ser evitados. Acompanhe!

O que é e-mail marketing

Com a explosão das redes sociais, muitos especialistas anunciaram que seria o fim do e-mail. Porém, no âmbito corporativo, aconteceu justamente o contrário, ele ganhou força nos últimos anos.

Em termos mais teóricos, podemos definir que e-mail marketing é fazer uso do endereço eletrônico dos clientes nas campanhas de marketing.

A partir daí, como se pode imaginar, o seu emprego assume diferentes funções nas estratégias de comunicação. Pensando especificamente no setor de e-commerce, ele serve para promover vendas e também melhorar o relacionamento com o público.

Vamos tratar mais detalhadamente desses pontos no próximo tópico. Confira!

Como usar o e-mail de forma eficaz

Planejamento é a base para um uso mais eficaz do e-mail marketing. E não faltam são boas opções em termos de estratégias, como mostramos a seguir:

Incentivar as vendas

Boas plataformas de e-commerce, como a JET Neo, permitem que a configuração de envio das mensagens seja realizada com apenas alguns cliques, o que facilita o processo.

Sem problemas na parte de execução, a atenção deve recair sobre a estratégia de marketing. É importante avaliar quais produtos serão mais atrativos para uma eventual ação promocional, por exemplo.

Com uma boa programação, é possível também estruturar campanhas específicas para comunicar novidades no portfólio da empresa ou mesmo incentivar a venda de determinados produtos.

Uma boa dica nesse caso é preparar um calendário detalhado, considerando as condições de estoque e as questões sazonais.

Marketing de relacionamento

As iniciativas quando se pensa em marketing de relacionamento são bem diversificadas. Nesse caso, o principal é saber valorizar a importância do contato direto com o cliente.

No dia a dia, uma série de iniciativas podem ser realizadas a partir do e-mail marketing. Eles funcionam bem para lembrete de compras, mas também para o envio de outros tipos de mensagens da mesma natureza.

Um bom exemplo são as abordagens que visam aproximar o cliente da marca, como os cartões de aniversário e de felicitações em ocasiões especiais, como datas comemorativas ou mesmo “aniversário da compra”.

Ainda nessa linha, vale citar a importância do envio de materiais educativos. Dependendo da categoria de produtos, eles são fundamentais para que os usuários façam um uso mais adequado da mercadoria adquirida.

Clientes satisfeitos voltam a comprar e ajudam também a atrair outros consumidores, uma vez que tendem a compartilhar suas percepções positivas sobre a marca.

Quais erros evitar na sua estratégia

Falta de planejamento

O improviso não funciona no emprego do e-mail marketing. Como devemos ter cuidado para não sobrecarregar o cliente, a estratégia de envio precisa ser pensada com antecedência, com a organização de um calendário detalhado.

Além disso, conteúdos bem produzidos levam tempo para ser preparados, por isso, a necessidade de definir as atividades com maior precisão.

Ações massificadas

O e-consumidor, em essência, já é mais exigente. No caso do e-mail, lembre-se de que se trata do endereço pessoal do consumidor. Portanto, não faz sentido ignorar a personalização.

Com o emprego das ferramentas de automação é possível fazer essa customização sem maiores complicações.

O mais importante é convencer o cliente de que você sabe com quem está falando e que a abordagem foi pensada de acordo com as suas necessidades.

Linguagem inadequada

Campanhas de e-mail marketing bem-sucedidas são aquelas que fazem parte da sua estratégia. Ou seja, evite cair na armadilha de atuar com ações isoladas.

Isso significa que a produção dos materiais deve seguir a mesma linha adotada nas demais iniciativas da área de comunicação. Isso se refere tanto a parte visual, como ao tom de voz adotado pela marca.

Não faz sentido para um e-commerce que emprega uma abordagem mais formal na publicidade enviar um e-mail “descolado”.

Como valorizar o contato com os clientes

Mais do que seguir o caminho “correto”, hoje as empresas precisam buscar a excelência em tudo o que fazem para conseguir destacar-se da concorrência.

Em relação às campanhas de e-mail marketing para e-commerce, desenvolver um trabalho de alto nível depende de algumas iniciativas, como:

– Garantir que a conversa seja devidamente autorizada pelo cliente. Parece um detalhe, mas ter o optin é fundamental, até para evitar que o e-commerce caia numa indesejada lista de spam. Não deixe de inserir, também, a opção de descadastro.

– Investir em ferramentas de automação. Não faz sentido que a empresa deixe de utilizar os softwares desenvolvidos justamente para otimizar o envio de mensagens. Eles facilitam a segmentação da base e garantem maior precisão na hora da execução.

– Adotar uma plataforma de e-commerce que simplifique a realização de campanhas promocionais. Quanto mais amigável o sistema, maiores as chances de a equipe aproveitar os recursos disponíveis.

Quais técnicas aplicar na elaboração dos materiais

Definida a estratégia, a execução das campanhas deve seguir algumas regras:

1-Defina com atenção os assuntos que serão empregados, uma vez que eles são decisivos para a abertura dos e-mails.

2-Capriche também nas CTAs que serão inseridos no final da mensagem. De preferência, elas devem direcionar a pessoa diretamente para a oferta. O usuário se sente incomodado quando precisa iniciar a navegação do zero para encontrar o produto apresentado no e-mail.

3-Diversifique a sua produção de conteúdo. O uso de imagens e vídeos são importantes atrativos. Porém, atenção: o e-mail não deve ser muito pesado. Não se esqueça que a experiência do usuário é cada dia mais mobile.

5-Na elaboração dos chamados fluxos de nutrição, estude bem o tipo de material que será oferecido. A dica é não ir direto para a venda, mas construir o relacionamento com o público.

6-Realize testes AB para avaliar o que funciona melhor para o seu e-commerce. Com o uso das plataformas de automação, é bem simples realizar esse tipo de pesquisa. Não existe fórmulas prontas nessa área, então, os experimentos são válidos para aprimorar os resultados.

Como você viu neste artigo sobre o que é e-mail marketing, o emprego de boas estratégias depende da atenção com diversos detalhes. Mas os esforços serão recompensados, em função do aumento dos resultados para o e-commerce.

Interessado em outras dicas sobre iniciativas que podem ajudar a melhorar o desempenho das suas vendas? Saiba mais a respeito de Social Commerce: como usar mídias sociais para vender mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *