Vendas por WhatsApp: como um aplicativo de mensagens pode impulsionar suas vendas?

vendas por whatsapp

Conveniência é um conceito-chave para o consumidor online. Na prática, isso significa que as lojas precisam facilitar ao máximo a sua experiência de compra, o que implica estar à sua disposição em todos os canais que o cliente considera mais adequados.

É justamente nesse ponto que as vendas por WhatsApp têm ganhado relevância. O aplicativo é o preferido do público entre os apps de mensagem e reúne números bem significativos.

São mais de 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo. No Brasil, estima-se um total de 120 milhões de pessoas.

É um volume bem representativo para uma população de 200 milhões e tem mais: levantamentos realizados nessa área indicam que, em média, os usuários consultam o aplicativo de 70 a 150 vezes ao dia.

O cálculo tem lógica, uma vez que hoje é difícil encontrar alguém sem o celular na palma da mão e sabemos que a troca de mensagens figura como uma das atividades prioritárias, não importando a faixa etária, localização geográfica ou mesmo renda.

Como era de se esperar, o sucesso do aplicativo tem chamado a atenção das empresas. No caso do e-commerce, o WhatsApp e os aplicativos como Facebook Messenger, Telegram e Skype passaram a ocupar papel de destaque no planejamento de vendas.

Faz sentido, por que o seu uso facilita o contato com o público-alvo, tanto para a apresentação de ofertas, como para agilizar o atendimento e até finalizar a venda.

Você sabe como usar esses apps para promover suas vendas? Quer conhecer algumas estratégias que têm dado certo? Então, continue a leitura deste artigo, porque reunimos algumas dicas importantes sobre o assunto.

Por que investir em estratégias para os aplicativos de mensagens?

Como afirmamos no início do texto, o uso do WhatsApp tem tudo a ver com a conveniência do consumidor. Se as pessoas ficam o tempo inteiro conectadas ao app, por que ela não deve usar a ferramenta para se comunicar com as lojas de sua preferência?

Da parte dos e-commerces, o desafio no emprego deste e de outros apps do gênero é conseguir trabalhar de forma integrada. Ou seja, é importante ter uma estratégia bem definida, até para garantir que a comunicação seja feita dentro dos padrões adotados nos seus demais canais.

Não se esqueça que o cliente é um só e que a percepção que ele forma sobre o seu negócio é construída a partir de todos os contatos que ele tem com a sua marca. Então, não faz sentido que abordagem nesse dispositivo seja feita de modo “amador”.

Nos próximos tópicos vamos mostrar boas práticas que podem – e devem – ser adotadas para promover vendas via WhatsApp. Além disso, você saberá mais sobre o ZapCommerce, aplicativo desenvolvido pela JET para facilitar suas vendas vias apps de mensagem!

Vendas por WhatsApp: como organizar sua estratégia?

Cadastre os clientes

O primeiro passo para ter uma estratégia bem-sucedida nessa área é fazer a captação de dados dos clientes. Se tem as informações registradas, basta criar os contatos.

Na execução dessa tarefa, atente para a necessidade de identificar os clientes de acordo com as informações que serão usadas na segmentação das campanhas.

É possível usar os campos de personalização do próprio aplicativo ou inserir tags ou siglas no nome.

Peça autorização

Ainda em relação ao cadastro, outra recomendação importante: peça autorização para o cliente. E faça isso de forma transparente, sem truques.

A comunicação via esses apps precisa ser personalizada. Essa é uma das suas vantagens, temos a chance de nos aproximar do nosso público-alvo. Porém, essa estratégia cai por terra se não respeitarmos os seus interesses.

Atue com listas de transmissão

Uma dúvida recorrente entre os usuários corporativos é se vale a pena criar grupos ou empregar as listas de transmissão.

Os grupos podem até funcionar para tarefas específicas, como suporte técnico e solução de dúvidas, mas as listas de transmissão atendem melhor os objetivos das lojas virtuais.

Você pode enviar suas mensagens para até 256 contatos e tem a opção de criar várias listas, o que otimiza a segmentação da base, prioritária para o sucesso das ações.

Use a versão web

Principalmente no uso empresarial, o emprego da versão web do WhatsApp ajuda bastante. O tempo de execução dos cadastros e envio das mensagens será reduzido se conseguir usar uma tela e um processador mais adequado, certo?

Planeje os conteúdos

Base criada, é hora de organizar como será feita a abordagem dos clientes. A criação de um calendário editorial pode ser útil, uma vez que a proposta é focar no relacionamento com o cliente.

Para isso, o primeiro passo é enviar conteúdos que gerem engajamento. Então, valorize as possibilidades, trabalhando com textos, áudios, vídeos e fotos.

Nas mensagens mais promocionais, lembre-se de que ofertas exclusivas funcionam, assim como cupons de desconto para clientes recorrentes. Enfim, valorize o contato direto com o consumidor, mostrando que a sua loja reconhece que é um privilégio ter esse canal de comunicação com ele.

Quais as vantagens do ZapCommerce?

Desenvolvido pela JET, o ZapCommerce é um aplicativo que automatiza as vendas via WhatsApp e outros aplicativos de mensagens como Facebook Messenger e Skype.

O objetivo é facilitar o trabalho dos vendedores, ao mesmo tempo em que garante um ambiente de compra mais seguro para o consumidor.

Ao instalar o app (que já está disponível no Google Play e na Apple Store), com apenas alguns cliques o lojista consegue trocar mensagens com o cliente, enviar detalhes dos produtos, solucionar eventuais dúvidas, negociar e finalizar a venda.

Outro diferencial importante é a forma de pagamento. A JET fechou uma parceria com o PagSeguro e, com isso, o ZapCommerce dispõe de funcionalidades exclusivas, como a cobrança via as principais bandeiras de cartão, opção de parcelamento do valor total da compra e antecipação de recebíveis.

Para quem já usa os comunicadores para se relacionar com o cliente, é uma vantagem ter como organizar melhor todo o processo de vendas. É possível atribuir comissão ao vendedor responsável pela transação, determinar metas, enfim, integrar as iniciativas de forma efetiva, garantindo uma gestão mais eficiente de todo o processo.

E, da parte dos usuários, o que conta é a familiaridade que todos têm com aquele ambiente. Diferentemente do que ocorre com outros aplicativos (como os criados pelas lojas), o consumidor não precisa instalar nada no seu celular. E como as notificações são enviadas de usuário para usuário, também não é necessário usar o WhatsApp Business.

Preparado para promover suas vendas?

Como mostramos neste artigo, o emprego dos aplicativos de mensagens já é uma realidade no e-commerce brasileiro e não há razão para que sua loja abra mão desse tipo de facilidade.

Mas para obter melhores resultados, organize sua estratégia. Cadastre os clientes, peça sua autorização e planeje suas abordagens de acordo com a jornada de compra do cliente.

Se a proposta é aproximar-se do consumidor, é importante valorizar a possibilidade de contato direto, personalizar a “conversa”. É a partir daí que você vai conseguir aumentar suas vendas por WhatsApp.

Gostou do artigo? Quer mais dicas sobre como aprimorar os resultados da sua loja? Assine nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos exclusivos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *